30.1.11

the social network

de David Fincher. não surpreendeu. gostei realmente da performance do actor principal e da abordagem de um tema que nos é tão presente é pertinente. deu-me para rir em algumas alturas. é um bom argumento, mas não um filme brilhante.

28.1.11

enter the void

de Gaspar Noé. uma linguagem única e própria. provocou-me tonturas e enjoos. trouxe-me também a maravilha dos cenários, dos ambientes, das cores. o explorar dos sons. uma viagem singular e pessoal, longa, louca, diversa, completa. Noé traz muita coisa nova e muito forte, ainda que seguindo uma linha que se começa a perceber. muito bom filme!!
!!!

KURZSCHLUSS from Xaver Xylophon on Vimeo.

27.1.11

Voskhozhdeniye | Larisa Shepitko


não me canso de ouvir/partilhar isto!



A MEGA-JAM!!

buena vista social club

de Wim Wenders. os geniais artistas que foram esquecidos e aqui (re)descobertos; a naturalidade, a humildade, as raízes, o entusiasmo, a alegria, a força. pura energia, puro sangue cubano, Terra.

25.1.11

somewhere

de Sofia Coppola. bonito filme, bem filmado, som pertinente e bem trabalhado. Coppola será uma grande cineasta, mas não me trouxe nada de novo, que é o que mais busco nos filmes, por mais utópico que seja, sejam eles de que ano for.
@ http://www.nowherefastcollective.com/

24.1.11



♥♥♥
in the daytime
you wil find me by your side
tryin' to do my best
and tryin' to make things right
when it all turns wrong
there's no fault but mine
but it won't hit hard
'cause you let me shine

and we build up castles
in the sky and in the sand
design our own world
ain't nobody understand
I found myself alive
in the palm of your hand
as long as we are flyin'
all this world ain't got no end

23.1.11

1974 | Teatro Meridional
fui ver hoje, gostei muito!!

22.1.11

tr00 story através de Rodrigo Ferreira

20.1.11

clips amarelo-fluorescentes
maggot brain
rebibos de 80 euros
out of the blue

19.1.11

tr00 story através de André Puertas
tr00 story através de João Camps

15.1.11

black swan

de Darren Aronofsky. os espelhos de uma dualidade (quase) constante. um filme que nos fala de muitas coisas, mas que na minha opinião exagera em momentos aterrorizantes, é demasiado, a história sobrevivia com menos. por outro lado, o facto do bailado ser o veículo para toda uma obsessão é interessante e o som está muito bem explorado, torna-se interior. as cenas de dança, muito bem filmadas. a Natalie está soberba, suponho que tenha tido uma grande preparação daquelas. a transformação e as emoções. começo agora a notar alguns traços de Aronofsky.
tributo a Prodigy | Contagiarte

12.1.11

""he wanted to fly and he flew"
"it can't rain all the time"

the crow

de Alex Proyas. há muito que estava para o ver, pela banda sonora e vídeos que via por aí, achava uma história mesmo bonita. as cenas entre eles os dois são deliciosas, apaixonantes. boa caracterização. o filme tem alguns problemas notórios, mas o facto é que me prendeu, e quanto a mim tornou-se um filme de culto, muito à custa do Brandon Lee, com o seu talento incrível e a sua morte trágica.

11.1.11

dr.strangelove
do cd riscado do tempo do discman nas visitas de estudo :)

9.1.11

O alheamento que consome
Mói, desespera, não tolera
Incompreensão
Algo de bom ficou perdido algures
Perdido na falta de memória
Ou na memória curta forçada
O relógio toca infinitamente
Alguém o desliga
Teimosamente continuo a fazê-lo tocar
Novelo negro enrola
Chega-me a tesoura, o xis-ato
Chega-me a cola, a fita-cola
Corta, cola
Não lhe mexas, deixa estar
A dor de estômago
BLOOD SUGAR SEX MAGIK

Neutral Uke Hotel | A Take Away Show | In The Aeroplane Over The Sea from La Blogotheque on Vimeo.

8.1.11

o rio sobe, sobe
sim, o rio sabe
"Talvez eu não tenha outro sonho senão tu, talvez seja nos teus olhos, encostando a minha face à tua, que eu lerei essas paisagens impossíveis, esses tédios falsos, esses sentimentos que habitam a sombra dos meus cansaços e as grutas dos meus desassossegos."



- Livro do Desassossego, Fernando Pessoa
♥ mil coisas boas
let england shake, she's back!!
boa banda sonora para o filme TRON.