29.11.10


♥ dos grandes.

uma boa musiquinha para o dia de ontem haha.

26.11.10

@helmut newton
eles vêm cá e não há dinheiro buahahah

flea market

vou lá estar este sábado a vender livros, bijutaria e outras coisas que tais... apareçam e divulguem :)

white magic

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=4&id_news=480065

25.11.10

zabriskie point

de Michelangelo Antonioni. viagem, sensações, sabedoria. a cena daquelas pessoas todas no deserto é incrível :) e a sequência final nem se fala! poderoso, um estilo de vida, algo que me deu ânimo para continuar a acreditar em certas e determinadas coisas.

24.11.10

21.11.10

@bob richardson
que delicia! um casal de cerca de 70 anos: o senhor "teimou" com o cordão do kispo da senhora, que era comprido. pô-lo no ouvido e fingiu estar a ouvir por lá. depois disse "também dava para acender o candeeiro"... surpreendente, fiquei ali enternecida a olhar para eles a meterem-se um com o outro.
follow my love

18.11.10

Chaos is the future
And beyond it is freedom
Confusion is next and next after that is the truth

Stick your fingers
In your mouth
Squeeze your tongue
And wrench it out
From its ugly fucking cancer
Its ugly fucking cancer
Root

Tell nothing but the truth

a morte o amor a vida

Julguei poder quebrar a profundeza a imensidade
Pelo meu desgosto nu sem contacto sem eco
Estendi-me na minha prisão de portas virgens
Como um morto razoável que soube morrer
Um morto coroado apenas pelo seu nada
Estendi-me sobre as vagas absurdas
Do veneno absorvido pelo amor da cinza
A solidão pareceu-me mais viva que o sangue

Queria desunir a vida
Queria partilhar a morte com a morte
Entregar meu coração ao vazio e o vazio à vida
Apagar tudo que nada houvesse nem a humidade nem o vidro
Nada nem à frente nem atrás nada inteiro
Havia eliminado o gelo das mãos juntas
Havia eliminado a invernal ossatura
Do voto de viver que se anula



Tu vieste então o fogo reanimou-se
A sombra cedeu o frio de baixo iluminou-se de estrelas
E a terra cobriu-se
Com a tua carne clara e eu senti-me ligeiro
Vieste a solidão estava vencida
Eu tinha um guia na terra sabia
Conduzir-me sabia-me desmedido
Avançava ganhava o espaço e o tempo

Ia para ti ia sem cessar para a luz
A vida tinha um corpo a esperança desfraldava as suas velas
O sono transbordava de sonhos e a noite
Prometia à aurora olhares confiantes
Os raios dos teus braços entreabriam o nevoeiro
A tua boca estava húmida dos primeiros orvalhos
O repouso deslumbrado substituía a fadiga
E eu adorava o amor como nos meus primeiros dias



Os campos estão lavrados as fábricas irradiam
E o trigo faz o seu ninho numa vaga enorme
A seara a vindima têm inumeráveis testemunhos
Nada é simples nem singular
O mar está nos olhos do céu ou da noite
A floresta dá segurança às árvores
E as paredes das casas têm uma pele comum
E as estradas cruzam-se sempre
Os homens são feitos para se entenderem
Para se compreenderem para se amarem
Têm filhos que se tornarão pais dos homens
Têm filhos sem eira nem beira
Que reinventarão o fogo
Que reinventarão os homens
E a natureza e a sua pátria
A de todos os homens
A de todos os tempos




- Le Phénix, Paul Éluard

16.11.10

that's it

se7en

de David Fincher. pois é, ainda não tinha visto; de tanto me terem falado do filme quase que o sabia de trás para a frente e sendo assim não funcionou o factor surpresa. no entanto gostei muito, é para mim já um clássico dos nossos tempos. aquele genérico é incrível mesmo e a banda sonora não dá descanso também!

15.11.10

"In a manner of speaking I just want to say, that I could never forget the way you told me everything by saying nothing"

Tits, Techno & Trumpets

berlin calling


de Hannes Stöhr. tem andamento, é fácil de ver e gostar. um universo recorrente mas mostrado de uma forma interessante. e é Berlim, porra. estava à espera de mais cidade :]

14.11.10

YOU GET TO A POINT
TO MAKE IT DISAPPEAR
AND YOU'RE ALWAYS BELIEVING
AND BELIEVING IN FEAR
OVER AND OVER
AND OVER AND OVER
AND OVER AND OVER
еще раз красавица Наталья

13.11.10

underground

de Emir Kusturica. toda a minha alegria e ternura... apaixonei-me! as músicas, a loucura e peculiaridade dos personagens, a história, as situações de riso sem fim e a emoção do tamanho do mundo :)

6.11.10

SKATEISTAN: TO LIVE AND SKATE KABUL from Diesel New Voices on Vimeo.

"dizia Zeus a Hera que durante o acto sexual a mulher teria maior prazer do que o homem. Hera dizia o contrário. decidiram então consultar Tirésias, aquele que tivera a experiência de ser homem e mulher. Tirésias foi claro: se houvesse dez partes de prazer, o homem gozaria apenas uma e a mulher gozaria nove. furiosa, Hera cegou Tirésias. Zeus transformou-o em adivinho."

1.11.10

é bom e é p'ra duros muahahah :D

coco avant chanel

de Anne Fontaine. foi giro de se ver, segue muito a linha na mini-série que já tinha visto na televisão. e para quem gosta da Audrey, é um presentinho! ele levou-a a ver o mar :)

olá novembro,

...

jónsi: Concert Timelapse at The Wiltern Theatre from Henry Jun Wah Lee on Vimeo.