21.8.09


peace, blues, sex, drugs. a lady livin' on the edge.

2 comentários:

alexandra disse...

a janis.. sinto um grande amor por ela.. as vezes dizem que sou louca por o sentir tanto. mas nao me consigo conter, a voz dela leva-me a um outro extremo.

e quem me dera ter vivido os grandes anos 60 - peace, blues, sex, drugs - isso mesmo. e nem falo do woodstock, que ja aqui tens bastante :p


quanto ao teu "vómito" anterior.. um grande amor ensina-nos a amar a vida. e quando passamos a amar a vida, nao conseguimos amar dessa forma mais nada... apesar do grande amor se ir embora. mas quem disse que outro não voltará e nos fará amar mais o que vivemos? é tudo uma questão de harmonia :)

beatriz c. disse...

exames aínda não, exames já xD
logo na primeira semana de setembro :|