18.3.10

hoje fizeste-me sentir vulgar. se há coisas que detesto, essa é uma delas. quando achamos que determinados momentos são exclusivamente nossos e descobrimos abruptamente que não o são, eventualmente chega a desilusão. será egoísta da minha parte querer algo novo? não quero ser a única, só quero ser especial.

por momentos achei: "a primeira vez que vemos o rosto de alguém e o vemos como um rosto próximo, cúmplice e antigo, que sucede? não sei, sei, como alguém disse, que há coisas que não se dizem que se fazem, aparecem feitas."

1 comentário:

tiagofigueiro disse...

Sim, foi o segundo filme nouvelle vague que vi e é simplesmente LINDO. E adorei o facto de ele pintar a cara de azul porque associei à expressão "feeling blue" e achei, também isso, LINDO :)

muita paz