24.12.09

feliz natal








ainda que este ano não esteja particularmente natalícia, decidi partilhar as luzes do ano passado no Porto. lembro-me muito bem do dia em que fiz estas fotografias, para onde fui e como me sentia. e não há melhor forma de recordar :)

4 comentários:

inês chaplin disse...

estavam mesmo bonitas o ano passado :]

Filósofo de Merda disse...

acho que o verdadeiro materialismo é bastante agradável, nós não vivemos numa sociedade materialista, pois se assim fosse daríamos valor aos materiais, guardaríamos objectos durante décadas, mas isso não acontece, pelo contrário.

consumo é realmente a palavra adequada, como referiste à uns posts atrás.


falando agora dos nossos interesses de junkies cinematográficos, vi à uns dias o apocalipse now (redux) e o band à part, gostei muito, são ambos filmes que necessitam de ver pelo menos 3 vezes, tal como uma exposição.

jessexy disse...

mesmo (: ahaah é tao lindo o porto iluminado.
feliz natal ritinha*

Filósofo de Merda disse...

o texto foi um jogo, pois não me inspirei em deus para o escrever, mas sim numa pessoa que se chama (...) de Deus.


no entanto deve ser interessante interpretar o texto como a dita figura.

eu também me acho materialista, gosto de objectos, bonitos, que tenham uma certa significância e história.


irei então ver o pierrot mal tiver a oportunidade, vai ser estranho para mim porque já é a cores! antigamente é que era bom, a partir de meados dos anos 60 a realidade começou a ganhar cores , devagar, e ficou tudo muito garrido e frenético, mas tem os seus lados bons.